SAIR



LEMBRANÇAS
Que saudades dos anos 70 e 80 ! Saudades das guloseimas, brinquedos, músicas, propagandas, roupas, enfim tudo aquilo que fez parte de nossa vida e nos tornou o que somos hoje !

Doação


 
Memory Chips
 
 

Festa Junina

Estava faltando uma página para falar das tradicionais Festas Juninas, então vou falar um pouco daquelas que lembro dos anos 70 e 80 aqui em SP !

Não mudou muita coisa desde então mas acho que antigamente as festas eram mais tradicionais com músicas somente juninas, fogueira, pau-de-sebo, quadrilha, fogos, comidas típicas e aquele mastro alto com três bandeirinhas que homenageava São João, Santo Antônio e São Pedro !

  • São João (São João Batista) - Comemorado no dia 24 de Junho
  • Santo Antônio (Santo Antônio de Pádua) - Comemorado em 13 de Junho
  • São Pedro (São Pedro Apóstolo) - Comemorado no dia 29 de Junho

Festa Junina

Cada região do Brasil e do mundo tem suas peculiaridades quando se fala em festa junina, mas a festa na minha escola, lá nos anos 70/80, era mais ou menos assim:

Chegava o mês de Junho com seu friozinho característico e os alunos já começavam a preparar bandeirinhas coloridas feitas de papel de seda para enfeitar o colégio.

Cartazes com o tema eram feitos pelos alunos e espalhados pelas paredes da escola.

As crianças aprendiam aquelas tradicionais músicas juninas e já chegavam em casa cantando:

Pedro, Antônio e João (Aut:Benedito Lacerda
e Oswaldo Santiago)

Com a filha de João
Antônio ia se casar,
mas Pedro fugiu com a noiva
na hora de ir pro altar.

A fogueira está queimando,
o balão está subindo,
Antônio estava chorando
e Pedro estava fugindo.

E no fim dessa história,
ao apagar-se a fogueira,
João consolava Antônio,
que caiu na bebedeira !

SONHO DE PAPEL
(Aut: Carlos Braga e Alberto Ribeiro)

O balão vai subindo,
vem caindo a garoa.
O céu é tão lindo
e a noite é tão boa.

São João, São João !
Acende a fogueira
no meu coração...

CAI, CAI, BALÃO

Cai, cai, balão,
Cai, cai, balão,

Aqui na minha mão,

Não vou lá,
Não vou lá,
Não vou lá,

Tenho medo de apanhar.


Caipirinha

PULA A FOGUEIRA
(Aut: João B. Filho)


Pula a fogueira Iaiá,
pula a fogueira Ioiô.
Cuidado para não se queimar.
Olha que a fogueira já queimou o meu amor.

Nesta noite de festança
todos caem na dança
alegrando o coração.
Foguetes, cantos e troca na cidade e na roça
em louvor a São João.

Nesta noite de folguedo
todos brincam sem medo
a soltar seu pistolão.
Morena flor do sertão, quero saber se tu és
dona do meu coração.

 

Isto é Lá Com Sto.Antônio
(Aut: Lamartine Babo)

Eu pedi numa oração,
Ao querido São João,
Que me desse um matrimônio,

São João disse que não !
São João disse que não !
Isto é lá com Santo Antônio!

Eu pedi numa oração,
Ao querido São João,
Que me desse um matrimônio,
Matrimônio !
Matrimônio !
Isto é lá com Santo Antônio...

Caipirinha

Noites de junho
(Aut: João de Barro
e Alberto Ribeiro)


Noites frias,
tão frias de Junho,
Os balões para o céu vão subindo,
Entre as nuvens aos poucos sumindo,
Envoltos num tênue véu!

Os balões devem ser com certeza,
As estrelas aqui desse mundo,
As estrelas do espaço profundo,
São os balões lá do céu !

Balão do meu sonho dourado,
Subiste enfeitado, cheinho de luz !
Depois as crianças tascaram,
Rasgaram teu bojo
de listas azuis !

E tu que invejando as estrelas,
Sonhavas ao vê-las,
ser astro no céu !
Hoje, balão apagado, acabas rasgado,
Em trapos ao léu !

Balão

 

Então começavam os ensaios para dançar a quadrilha e eu me lembro da música até hoje pois acho que na minha escola só tinha um único disco com música de quadrilha que então era tocada sem parar !!!

 

Enquanto uns ensaiavam outros estavam tendo aula e aquela música ia entrando na cabeça para nunca mais sair...


Nós tinhamos que levar prendas que seriam usadas na festa da escola e às vezes acontecia uma gincana entre as classes para ver quem levava mais prendas e também tinha aquele dilema de ter de vender os convites !

TraquesVender pra quem ? Normalmente pra toda a família mesmo...

Então as barraquinhas da quermesse eram preparadas e cada uma era comandada por um professor conhecido vestido com roupas típicas !

Tinha a tradicional pescaria onde cada peixinho tinha um número que determinava qual prenda você ia ganhar.

Pescaria A barraca das latas onde se atiravam bolas de meia para derrubar uma pirâmide de latas !

A barraca das bolinhas que deslizavam numa prancha e você tinha que acertar a canaleta com o maior número de pontos !

A barraca das argolas onde você jogava as argolas para que elas encaixassem nas garrafas !

FogueiraTinha a barraca do beijo e também não posso esquecer do Correio Elegante !!!

As meninas, vestidas de roupa caipira com suas trancinhas e chapéu de palha se ofereciam para levar aqueles bilhetinhos anônimos para a menina ou menino que você estava a fim de namorar !

Lembro também da prisão onde você pagava para prenderem alguém da festa ali por um tempo !





As barracas de comida enchiam o ar com o delicioso cheiro de seus quitutes: Bolo de milho, quentão, vinho quente !

Quentão Canjica

Pipoca, canjica com canela, pé de moleque, doce de abóbora, cocada, arroz doce !!!

Bolo de Milho Pé de Moleque

Pinhão, cuzcuz, pamonha, curau, sem esquecer do tradicional churrasco e muitas outras coisas !

Vinho Quente

SanfoneiroNos alto-falantes a música tradicional preenchia o ambiente enquanto bombinhas e biribinhas estouravam por todos os cantos e deixavam aquele cheiro de pólvora queimada no ar.

Também tinha o rastapé que você jogava no chão e puxava com o pé para que ele estalasse e aquelas estrelinhas que você acendia e girava na mão que ficavam soltando fagulhas.

BingoÉ claro que também sempre tinha um espírito de porco que levava uma daquelas bombas mais fortes e estourava no banheiro assustando todo mundo !

Pau de Sebo Num salão mais afastado acontecia o tradicional Bingo onde as pessoas tentavam completar suas cartelas para ganhar as prendas mais valiosas da festa enquanto um professor ia cantando as bolinhas tiradas do globo (22, dois patinhos na lagoa...)

Nas quadras principais as danças eram apresentadas e o pessoal esperava ansiosamente pela Quadrilha do Colegial que normalmente era a mais bem feita e divertida !

Estrelinha

No fim da festa tinha o sorteio do prêmio mais valioso, na época uma bicicleta, que era feito com base no número que tinha no seu convite de entrada !

E então no final da noite fria com aquele céu estrelado as famílias voltavam para casa felizes e satisfeitas, as crianças com suas pequenas conquistas na forma de prendas e registros na memória que durariam para sempre...

Mastro de São João

 

 

Caipirinha

 

 


Espero que você tenha tido boas recordações. O que se viu nas páginas acima é um exercício da minha memória junto a de outras pessoas dessa mesma época, homens e mulheres de várias faixas etárias que não deixaram essas agradáveis lembranças serem apagadas pelo tempo !

Se você tem interesse de anunciar no site Memory Chips ou lembra de coisas que marcaram sua infância e/ou adolescência dos anos 70, 80 e 90 e que não foram listadas nestas páginas, mande umE-mailpara mim !




Página Anterior Próxima Página

 
 
59
 

 


Doação

Todas as imagens, sons, títulos, marcas, personagens, etc. aqui apresentados
pertencem a seus respectivos criadores e detentores de direitos autorais.
MemoryChips 2003-2017



Facebook Twitter